Opinião

Desde a Idade Média que a nossa costa foi assaltada por Vikings, Almóadas, Piratas, Corsários, Ingleses, Franceses, etc. Por vezes, eram necessárias décadas para recuperar o tecido económico das povoações, isto quando os estragos não eram irreparáveis. O tempo dos piratas e dos grandes raides costeiros é, felizmente, coisa do passado. 

Soubemos esta semana que a agência de notação Fitch melhorou a perspectiva que tem sobre os títulos de dívida pública portuguesa e que isso abre caminho para que, em breve, deixem de classificar-nos como lixo. Eu que gosto de boas notícias, tenho dificuldade em ver nesta alteração apenas o que nela há de bom. 

 

Para o João Semedo

Há quem conceptualize a política fundando-a na dicotomia amigo-inimigo. A política faz-se de escolhas e dos confrontos por elas suscitados, a política faz-se de gestão tática e estratégica das relações de forças, a política é sempre tensão, mesmo quando há cooperação. Na política assim vista, a amizade é um logro, uma fraqueza, um acaso.